“O livro é a grande memória dos séculos… se os livros desaparecessem, desapareceria a história e, seguramente, o homem.” - Jorge Luis Borges

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

[Projeto BLC] Postagem #3 - A origem de um clássico

Esse post faz parte do Projeto Blogagem Literária Coletiva, promovido pelos Blogs Chá & Livros, Os Literatos e Diário de uma Livromaníaca.



"É de consenso geral que Drácula de Bram Stoker é um clássico da literatura mundial sendo o pai das histórias vampirescas. Stoker criou a sua maior obra na Era Vitoriana, uma época inigualável e que todas as suas características são muito bem retratadas no decorrer da história.
Dia 08 de novembro é celebrado o aniversário desse célebre autor, então para homenageá-lo vocês serão historiadores por um mês e deverão contar as origens desse clássico, o que levou Bram Stoker a escrever o romance que marcaria uma época cativando leitores até os dias atuais! Mas atenção, será permitido usar referenciais históricos, porém a principal fonte de consulta deverá ser a imaginação de vocês.
Missão dada, agora mãos à obra e vamos explorar as catacumbas de um certo castelo na Transilvânia!"
Tudo começou em 1870, quando Bram Stoker foi convidado por um amigo a viajar pela Europa. Em um dia, durante a sua viagem ele ouviu sobre um Conde que supostamente é um vampiro que vive na Transilvânia, que estaria em buscas de novas pessoas para serem transformadas em vampiros, para que estes possam viver em seu castelo, junto a ele já que este estaria se sentindo sozinho.
Curioso sobre esses boatos, Staker viajou imediatamente para a Transilvânia para descobrir mais sobre esse homem. Assim que chegou a cidade, decidiu ficar em uma pensão, que ficava próxima ao castelo aonde vivia o homem. Ao chegar lá, ele conhece Amalie, uma jovem moça  francesa que também teria ouvido sobre os boatos, mas ela estaria para ser transformada e não para apenas saber mais sobre as notícias que estariam correndo pela Europa. Logo ele se sente atraído por ela. Mas esse mesmo dia é o último dia que a vê.
Após uma semana de pesquisas sobre o dono do castelo, ele recebe um convite para um jantar no castelo. Ao ir a esse jantar, Stoker fica admirado com a estrutura do castelo, mesmo depois de ser surpreendido com a beleza exterior do castelo, ele fica ainda mais surpreendido pela decoração gótica do interior do castelo. Quando se encontra, com o dono do castelo chamado de Drácula.
Durante a conversa, o assunto sobre o porquê de Stoker ir em busca de informações sobre Drácula é discutido, e assim o Conde lhe explica de onde surgiu essa história, que seria por ele ser um grande fã do sobrenatural, e em uma de suas festas disse que adoraria ser um vampiro e transformar algumas pessoas para viver com ele, e como ele não é um grande fã de sair do castelo, acabou fazendo com que as pessoas começassem os boatos de que ele seria um vampiro e que estaria em busca de pessoas para transformar.  Com esse jantar os dois acabam se tornando grandes amigos e mesmo depois de Staker sair da cidade os dois mantiveram contato.
Após vinte anos, Stanker recebe a notícia de que o Conde Drácula teria falecido, e como uma homenagem a seu grande amigo Bram Stanker decide escrever um livro, que acabou recebendo o título de Drácula. 
Então pessoal, é isso. Espero que tenham gostado. Comentem e falem o que acharam.

Um comentário:

  1. Olá, tudo bem?
    Nossa muito bom esse texto, adorei. No mês passado eu li o Drácula e gostei demais com certeza virei fã do Stoker. Parabéns pelo blog :)
    http://www.magisbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Google+

Sobre o Blog...

O Rain, Books & Coffee é um blog para compartilhar minhas opiniões, resenhas e novidades sobre livros. Aqui você encontrará de todos os estilos, desde romances até drama. Fique a vontade para compartilhar, sugerir e comentar. Volte sempre...

Quem sou eu

Minha foto

Uma garota de 19 anos, apaixonada por livros, música e também que se apaixonada facilmente pelos personagens dos livros. Considerada bastante tímida, mas que somente as pessoas realmente próximas sabem que é uma garota que pode ser considerada maluca.

Participo!

Follow by Email

Seguidores

Blog Archive

Translate

Entre em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Siga no Bloglovin

Google+ do Blog

Copyright © Rain, Books & Coffee | Traduzido Por: Mais Template - Premium Blogger Templates