“O livro é a grande memória dos séculos… se os livros desaparecessem, desapareceria a história e, seguramente, o homem.” - Jorge Luis Borges

terça-feira, 10 de junho de 2014

[Resenha] Number Thirteen - Bella Jewel

Autora: Bella Jewel
Páginas: 248
Classificação: 3/5
Sinopse: Atenção, não é uma história BDSM. Nós somos treze meninas, em cativeiro, escravas do nosso mestre. Um mestre que nunca vimos. A obediência vai se tornar tudo o que conhecemos em nossa existência superficial. É a única emoção que estamos autorizadas a sentir. Quando nos comportamos mal, somos punidas. Quando nos comportamos bem, somos recompensadas. Nossas cicatrizes são profundas. Ainda assim, sobrevivemos, porque nós temos que sobreviver... porque ELE nos ensinou. Todas nós somos especiais, nós sentimos isso com tudo o que somos. Ele nos tem por uma razão, mas é um motivo que não sabemos. Nós nunca vimos o rosto dele, mas sabemos que algo profundamente quebrado se encontra abaixo da escuridão. Com cada toque, a cada punição, nós o conhecemos. Então, alguma coisa mudou. Ele me mostrou quem ele realmente é. Agora eu o quero. Eu vou contra tudo o que conheço para estar com ele. Um monstro. Meu monstro. Amar ele é um pecado, mas eu sou uma pecadora. Eu não vou parar até eu ver cada parte dele. Mesmo as partes que ele mantém trancados lá no fundo. Eu Sou a Número Treze e esta é a minha história.
  Olá, hoje irei um falar de um livro que é forte, triste, mas também consta muita esperança. A história é narrada por Número Treze, uma garota que não se lembra de nada sobre a sua antiga vida e William, o homem super misterioso, que supostamente mandou sequestrar as treze meninas, para o que nenhuma delas sabe.
  Thirteen é uma típica garota americana, porém não há nada de dócil nela, ela sempre que se encontrava com William, o confrontava buscando descobrir o porque de estar ali. William, é um cara que é odiado pelo pai que é um magnata, porém ama o seu irmão gêmeo e mãe. Quando um dia sofreu um atentado a caminho da escola, o que o faz mudar para sempre, em suas palavras no dia em que esse atentado ocorreu, ele morreu e um mostro nasceu.
  Eu me interessei no livro, a primeira vez que li a sinopse, mas ao lê-lo não foi muito bem o que eu esperava, sem contar que parecia que a autora se perdia em alguns trechos da história, principalmente no final, quando parece que ela estava ansiosa para acabar logo com o livro. Mas isso não significa que não recomendo ler ele.

0 comentários:

Postar um comentário

Compartilhar

Twitter Facebook Google Plus LinkedIn RSS Feed Email Pinterest

Google+

Sobre o Blog...

O Rain, Books & Coffee é um blog para compartilhar minhas opiniões, resenhas e novidades sobre livros. Aqui você encontrará de todos os estilos, desde romances até drama. Fique a vontade para compartilhar, sugerir e comentar. Volte sempre...

Quem sou eu

Minha foto

Uma garota de 19 anos, apaixonada por livros, música e também que se apaixonada facilmente pelos personagens dos livros. Considerada bastante tímida, mas que somente as pessoas realmente próximas sabem que é uma garota que pode ser considerada maluca.

Participo!

Follow by Email

Seguidores

Blog Archive

Translate

Entre em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Facebook

Siga no Bloglovin

Google+ do Blog

Copyright © Rain, Books & Coffee | Traduzido Por: Mais Template - Premium Blogger Templates